Cursos, Assessoria e Consultoria em Siconv, Elaboração de Projetos e Captação de Recursos

Blog

Quais as etapas de uma parceria celebrada pelo MROSC?

Quais as etapas de uma parceria celebrada pelo MROSC?
Vídeo explicando sobre as etapas de celebração do MROSC – Lei 13.019

Quais as etapas de uma parceria celebrada pelo MROSC? Este será o tema do nosso vídeo de hoje.

Mas antes de iniciarmos, preciso pedir para que você que ainda não é inscrito em nosso canal, que se inscreva e ative o sininho, para receber as novidades com exclusividade. 

O que são emendas parlamentares?

A relação de parceria entre um órgão da administração pública e uma organização da sociedade civil envolve cinco etapas principais, e vamos um pouco sobre uma delas a seguir.

Quais são as etapas celebradas pelo Mrosc?

  • Planejamento: A etapa de planejamento é comum tanto à administração pública quanto às organizações da sociedade civil. É a fase mais importante de uma parceria, pois um bom planejamento garante a efetividade das etapas seguintes de seleção e celebração, execução, monitoramento e avaliação e, sobretudo, prestação de contas. Existe no canal da Squadra no Youtube, um importante vídeo sobre o Planejamento Estratégico, não deixei de assistir. 
  • Seleção e Celebração: A etapa de seleção e celebração das parcerias traz como principal inovação a obrigatoriedade do procedimento de chamamento público. Além de ser uma medida de transparência e de incentivo à gestão pública democrática, o chamamento é uma forma de ampliar as possibilidades de acesso das OSCs aos recursos públicos. Ao mesmo tempo, possibilita que o Estado tome contato com um universo mais abrangente de organizações. Não esqueça de assistir no Canal da Squadra, o vídeo onde falamos sobre o Chamamento Público. 
  • Execução: A etapa da execução de uma parceria é o momento de realização das atividades planejadas. O objeto para ser cumprido precisa ter metas claras que depois servirão de parâmetros para a aferição dos resultados. 
  • Monitoramento e Avaliação: Ao longo de toda a execução da parceria, a administração pública deverá acompanhar o andamento dos projetos e das atividades, com especial atenção para os resultados alcançados pela organização parceira. Será possível fazer visitas aos locais onde as atividades e os projetos forem desenvolvidos. A fase de monitoramento e avaliação de uma parceria é constante e deve focar nos resultados alcançados pela OSC.
  • Prestação de contas.  A última etapa, porém não a menos importante trata sobre a Prestação de Contas. A Lei 13.019/2014 traz um novo olhar sobre a prestação de contas, compartilhando a responsabilidade desta etapa entre as OSCs e a administração pública. Pode parecer óbvio, mas é uma mudança importante de abordagem. Afinal, se os recursos utilizados em uma parceria são públicos, é o público, a sociedade como um todo, que deverá saber como o seu dinheiro está sendo usado. Uma boa prestação de contas é o resultado de um bom planejamento e de uma execução cuidadosa, preocupada em atender o que estava previsto no Plano de Trabalho. O dever de prestar contas tem início no momento de liberação da primeira parcela dos recursos financeiros, observando as regras previstas na Lei 13.019/2014, bem como os prazos e as normas estabelecidos.

Problemas na Execução dos Convênios Siconv na Administração Pública ou Terceiro Setor?

É muito importante que toda a parceria seja pensada, executada e avaliada a partir desta lógica processual, onde cada etapa está conectada às demais. Quais as etapas de uma parceria celebrada pelo MROSC?

Gostou de nosso vídeo? Deixa seu like e não esqueça de compartilhar com seus colegas sobre este importante tema.

O atributo alt desta imagem está vazio
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Cursos Relacionados

[cursos_site_shortcode]